Tudo que precisa saber sobre a sua Hortênsia

Se quiser desfrutar de uma hortênsia espetacular no seu jardim, aqui estão algumas dicas para o ajudar a cultivá-la em todo o seu potencial. Estas dicas cobrem os aspetos importantes da escolha, plantação, poda, e cuidados gerais com a sua hortênsia. As hortênsias são ótimas para qualquer jardim, quer tenha um espaço pequeno ou grande. Requerem um mínimo de um metro entre plantas para evitar a sobrepopulação.

O nome ‘hydrangea’ deriva das palavras gregas para água, recipiente ou jarro. O seu nome presta homenagem ao poeta Hortense Lepaute. Existem mais de 70 espécies de hortênsias, tanto trepadeiras como arbustivas, a maioria das quais são nativas da Ásia e do leste dos Estados Unidos.

As cabeças das hortênsias são gigantescas, e permanecem na planta durante meses. No Outono, as hortênsias mudam de cor, assumindo frequentemente tons vermelhos ou cinzentos. Também produzem flores secas espantosas. As hortênsias também podem ser cortadas e expostas em qualquer fase, inclusive no outono. São ideais para canteiros de flores tradicionais, pois preferem condições frescas e semi-sombreadas.


Plantar hortênsias

Hortênsias em flor
Hortênsias em flor

O primeiro passo na plantação de hortênsias é preparar o solo. Vai querer utilizar um fertilizante de libertação prolongada para alimentar as hortênsias, mas deve saltar esta etapa se o solo já estiver muito rico. Ao plantar hortênsias, será necessário preparar o terreno e plantar o arbusto num buraco pelo menos duas a três vezes maior do que o torrão.

Certifique-se de regar bem a planta após a plantação, a fim de eliminar as bolsas de ar na terra. Aplique uma camada generosa de cobertura morta à volta da base do arbusto, como por exemplo cascalho.

Ao plantar hortênsias, certifique-se de que segue as necessidades da planta em termos de água. Embora prefiram solo húmido, não toleram demasiada água. Certifique-se de que o solo drena bem antes de plantar as hortênsias. Se a sua terra não for bem drenada, altere-a com adubo orgânico ou estrume envelhecido. Isto ajudará a evitar que as raízes sequem. Se a sua terra for bem drenada, drenará bem até mesmo depois de chuvas fortes.

Qual é a melhor altura para plantar hortênsias?

Quando se plantam hortênsias, a melhor altura para plantar é no início da Primavera. É preciso dar-lhes tempo suficiente para se estabelecerem antes do início do Verão. Independentemente da época de plantio, certifique-se de regar as plantas com frequência até que se estabeleçam. Depois, regar regularmente até atingirem o tamanho desejado. Serão recompensadas com flores deslumbrantes e belas paisagens.

Como fazer estacas de hortênsias?

Para fazer estacas de hortênsias, siga estes passos:

  • Escolha um rebento saudável, não florífero.
  • Cortar o rebento a um comprimento de 20cm e remover as folhas da metade inferior, se tiver.
  • Mergulhar a extremidade cortada em pó de hormona de enraizamento para encorajar o crescimento das raízes.
  • Plantar o corte em solo húmido e bem drenado.
  • Colocar um saco de plástico transparente sobre o corte para criar um efeito de estufa, e fixá-lo com um elástico de borracha.
  • Mantenha a terra húmida e coloque o corte em luz indireta.
  • Após 4 a 6 semanas, verificar o crescimento das raízes, puxando suavemente o corte. Se as raízes se tiverem formado, o corte pode ser plantado num recipiente permanente ou num canteiro de jardim.

Nota: As estacas de hortênsia radicam melhor no final do verão ou no início do outono.


Cuidados a ter com as hortênsias

Quando estiver a plantar uma hortênsia, é importante considerar o tipo de clima que a sua planta irá experimentar. Certas variedades de hortênsia não conseguem tolerar temperaturas quentes, por isso regar de manhã é o ideal. É também uma boa ideia regar de manhã para evitar a murchidão, uma vez que isto ajudará a manter o solo fresco.

Para além da rega regular, as hortênsias também necessitam de fertilização. Pode-se usar uma fórmula granular ou fertilizar quando estas emergem na Primavera.

Ao plantar hortênsias, escolha um local com sol moderado a pleno de manhã e sombra à tarde. Ao transplantar, certifique-se de utilizar vasos com orifícios de drenagem. Deixar pelo menos um palmo de espaço entre as raízes e o fundo do vaso.

As hortênsias necessitam de rega regular mesmo no Inverno. A quantidade de rega depende da região em que se vive.

Dependendo do tipo e das condições do solo, as hortênsias não necessitam de poda. No entanto, se as podar, estará a assegurar florações saudáveis durante todo o Inverno. A poda depende do tipo de hortênsias que tiver. As Mopheads e Lacecaps (H. macrophylla) devem ser podadas no final do Verão ou no início do Outono, enquanto as hortênsias Oakleaf devem ser podadas no início da Primavera. As hortênsias de folha de carvalho requerem menos poda.

Uma hortênsia precisa de alguma sombra durante o dia, mas pode prosperar em pleno sol, dependendo da variedade e das condições do jardim. Precisa de muita água em tempo seco e irá beneficiar se utilizar algum fertilizante uma ou duas vezes por ano.

Qual é o mês ideal para podar hortênsias?

Hortênsias azuis são das mais populares
Hortênsias azuis são das mais populares

A maioria das hortênsias devem ser podadas no Verão, uma vez terminada a sua floração. A maioria destas florescem no que é chamado “madeira velha” – crescimento do ano anterior. Se as podarmos no início da Primavera, arriscamo-nos a cortar os botões de flores adormecidos. Ao podar logo após as flores terem desbotado, permite-se que a planta tenha tempo de fixar botões para o ano seguinte.

Mas… Devido ao elevado número de variedades de hortênsias, não existe uma resposta direta para o ajudar. Contudo, no horto ou com um profissional de jardinagem poderá ter ajuda a identificar a sua hortênsia e posteriormente ter a informação do mês ideal para efetuar a poda na hortênsia.

Como podar hortênsias?

Confira qual o melhor mês para podar hortênsias
Confira qual o melhor mês para podar hortênsias

A poda das hortênsias é tanto uma arte como uma ciência. Como com qualquer outra planta de jardim, aprenderá com a sua própria experiência e aperfeiçoará as suas técnicas de poda. Comece sempre de forma conservadora e observe a resposta das suas plantas aos tratamentos de poda. Com o tempo, desenvolverá uma relação especial com as suas plantas e criará um espaço de jardim calmante. No entanto, é importante lembrar que este tipo de planta não deve constantemente ser podada.

Para garantir que as suas hortênsias floresçam e floresçam, não se esqueça de lhes dar o apoio adequado. Independentemente da forma como crescem, nunca deve podá-las depois da primavera, altura em que já estará a brotar flor. Poderá, no entanto, remover sempre as partes mortas. Uma poda demasiado dura reduz o número de florações.

A poda das hortênsias é relativamente simples. Pode-se cortar um ramo de 15cm de comprimento, removendo as folhas inferiores e removendo os nós foliares. Certificar-se de deixar pelo menos um nó foliar debaixo do solo.

Se tiver uma hortênsia em vaso, certifique-se de que as raízes estão afundadas na terra. Em climas muito frios, pode mover a hortênsia para uma estufa ou para uma construção não aquecida para as proteger do frio extremo.


Benefícios para a saúde da raiz da hortênsia

A raiz da hortênsia é uma planta de jardim popular. Contudo, há poucos estudos que foram feitos para determinar se a raiz da hortênsia tem benefícios medicinais. Estudos com animais e tubos de ensaio sugerem que a raiz contém compostos alcaloides que são semelhantes aos diuréticos. Em alguns estudos, o extrato de hortênsia reduziu a proporção de nitrogénio e creatina no sangue em ratos diabéticos. Embora estes resultados sejam preliminares, os benefícios da raiz da hortênsia são promissores.

A raiz de hortênsia é ligada como medicamento herbal para tratar infeções da próstata e da bexiga. Estudos recentes examinaram os seus efeitos na saúde e inflamação dos rins. Foi demonstrado que reduz o nitrogénio ureico no sangue, uma medida da função renal. Além disso, contém cumarina, um composto que pode impedir a formação de células inflamatórias. Alguns estudos sugerem que a raiz da hortênsia pode ter outros benefícios para a saúde.

A raiz da hortênsia é rica em antioxidantes, incluindo a escumina, o que pode reduzir a inflamação. É também rica em loganina e sweroside, o que pode reduzir os processos inflamatórios. É necessária mais investigação para determinar se a raiz da hortênsia tem propriedades anti-inflamatórias. Embora o uso de raiz de hortênsia não seja recomendado, é seguro para a maioria das pessoas tomá-la.

Para além de tratar constipações, é também útil para indigestão, reumatismo, constipações, e até doenças autoimunes.

Outro uso popular da raiz de hortênsia é consumir a raiz seca como um chá. Uma colher de chá de raiz de hortênsia seca pode ser mergulhada em água a ferver durante três a cinco minutos. Também é por vezes combinado com dente-de-leão e raiz de cascalho. Esta raiz tem um sabor doce e pungente e pode ser consumida crua ou cozida num chá.

Cor das hortênsias

A cor das flores de hortênsia altera de variedade para variedade. A cor da flor das hortênsias é relativamente simples na natureza – a composição química da flor é bastante descomplicada. Depende também da espécie, da época do ano e da quantidade de pigmento na flor.

A cor das flores das hortênsias varia também de acordo com o pH do solo, o que afeta a sua cor. Por exemplo, as hortênsias cultivadas em solo ácido irão produzir naturalmente flores cor-de-rosa. As flores azuis, por outro lado, serão produzidas por plantas cultivadas em solo neutro. Se estiver a tentar aumentar a cor das hortênsias, altere o nível do pH do solo. Pode utilizar um kit de teste de pH do solo para determinar o nível certo de pH.


Nível de pH do solo para hortências rosas

Hortênsias rosa
Hortênsias rosa

Quando se trata de cuidar da sua hortênsia, elevar o pH do solo é muitas vezes a melhor opção. Isto encorajará a sua planta a produzir flores rosas. Enquanto a cal é frequentemente confundida com a cal ácida, a cal mineral é um carbonato de cálcio finamente moído que pode ser injetado no solo para aumentar o nível de pH. É uma excelente forma de aumentar o nível de pH no seu solo, ao mesmo tempo que nutre o ambiente.

Para encontrar o nível de pH do solo da sua hortênsia, verifique a sua composição. As hortênsias preferem um pH neutro e precisam de um pH entre 6,0 e 6,2. Os níveis de pH das hortênsias são regulados pelas condições naturais do solo. Se utilizar fertilizantes que contenham altos níveis de alumínio, as suas plantas podem ser atraídas por estes metais. Assim, se quiser cultivar hortênsias com flores rosas, o nível de pH do seu solo deve ser sempre acima de 6.

Para cultivar hortênsias azuis, a sua terra deve ser neutra a ácida. Um nível de pH de 5,5 ou inferior é a terra ideal para esta planta. Se a sua terra for neutra, pode utilizar um acidificante de solo regular ou uma versão caseira. Mas esteja avisado: este processo não acontece da noite para o dia. E se já tiver plantado hortênsia no seu jardim, pode levar alguns meses para as plantas florescerem.


Pragas que podem afetar as hortênsias

A maioria das hortênsias não são afetadas por pragas, mas pode notar manchas ou outros sintomas nas suas plantas. A maioria das pragas ataca as folhas e não as flores em si. Em outros casos existem doenças na própria raiz das hortênsias. Estes problemas são tipicamente causados por infeções fúngicas ou insetos que vivem na planta. No entanto, em alguns casos, é possível identificar facilmente as pragas de hortênsias.

O escaravelho é uma praga notável que pode reduzir a quantidade de flores na sua hortênsia. Estes insetos emergem como pupas na Primavera, alimentam-se das superfícies interiores das folhas, e depois passam a pupas. As lagartas destes insetos podem ter bastantes presenças sobre uma única planta. Para controlar estes insetos, pode pulverizar a planta com inseticida.

Outra praga que afeta as hortênsias são os caracóis. Estas criaturas preferem alimentar-se de material em decomposição. Se encontrar um aglomerado de ovos brancos numa planta, é provável que se trate de um problema de caracóis. Geralmente, as lesmas preferem alimentar-se de matéria orgânica, como folhas mortas e madeira em decomposição, mas se não houver mais nada para se alimentarem, comerão as folhas da sua hortênsia.


Phyllosticta

Esta doença fúngica infecta folhas e flores de hortênsia. Pode ser prevenida regando a planta da base em vez de regar diretamente as folhas. A identificação e tratamento precoce da doença é fundamental. Enquanto a Phyllosticta afecta as hortênsias de várias maneiras, é mais comum pulverizar a planta com um fungicida logo que os sintomas sejam evidentes. Este fungo pode viver na planta durante anos sem tratamento.

Se vir manchas de folhas nas suas hortênsias, trate-as imediatamente com um fungicida ou aplique um fertilizante à base de cobre. Também se pode aplicar cobre líquido ou óleo de neem. Ambos estes tratamentos são eficazes contra a Phyllosticta. O óleo de neem é também um excelente fungicida para hortênsias. É particularmente eficaz contra as manchas foliares de Cercospora.

Nematódeos

Esta doença fúngica causa pequenas manchas castanhas nas folhas. Acabam por cair, embora a planta geralmente sobreviva. Pode ser tratada com fungicida à base de cobre ou óleo de alho. Se a doença já tiver afetado uma planta, deve-se destruir as partes infetadas e tratar as plantas afetadas com fungicida. Se a doença for grave, considere a aplicação de óleos de horticultura nas folhas.

Os nemátodos atacam as folhas e caules das hortênsias. O inseto vegetal incrustado, que tem quatro faixas pretas e três faixas verdes, alimenta-se das folhas e flores das hortênsias. As larvas alimentam-se da seiva das folhas tenras, especialmente das hortênsias. Produzem grandes folhas cingidas que se tornam castanhas ou amarelas. Em infestações graves, matam a folhagem da planta, mastigando o tecido foliar.

As larvas têm menos de um milímetro de comprimento. As larvas são capazes de se reproduzir mesmo sem fertilização. As fêmeas depositam 25 a 30 ovos num aglomerado denso sobre as folhas da planta hospedeira.

Escaravelhos japoneses

Escaravelho japonês
Escaravelho japonês

Os danos que um escaravelho japonês pode causar às hortênsias podem variar, dependendo da espécie. Geralmente, o escaravelho ataca as folhas, enquanto outros atacam as pétalas floridas. Por sorte, a maioria das hortênsias não são particularmente deliciosas para estas pragas. Aqui estão algumas dicas para evitar que as suas hortênsias sejam destruídas por esta praga comum.

As larvas do escaravelho japonês vão perfurar o tronco de uma hortênsia durante um ano e alimentar-se das raízes da planta. Isto pode destruir uma planta inteira, pelo que a identificação destes insetos e a prevenção de infestar a sua hortênsia é vital.

Estas pragas chegarão frequentemente a uma planta florida à medida que liberta um aroma chamado feromona, para o qual o escaravelho será atraído. Se notar estes escaravelhos nas suas hortênsias, não se esqueça de pulverizar uma barreira à sua volta.


Caracóis

A remoção física é o melhor método para eliminar os caracóis das hortênsias. Ao colher manualmente os caracóis, pode-se eliminar completamente o problema e evitar a despesa de contratar um jardineiro profissional. No entanto, este método pode não ser suficiente para eliminar completamente os caracóis. Deve também assegurar-se de que a sua horta está longe de onde os caracóis podem encontrar abrigo. Se os caracóis não puderem ser completamente eliminados, pode tentar usar terra de diatomáceas para os manter afastados da planta.




Simbologia da hortênsia

A hortênsia representa gratidão, graça e beleza. Também irradia abundância devido ao número pródigo de flores e à generosa forma redonda. As suas cores simbolizam o amor, a harmonia e a paz. A flor presta-se naturalmente ao arranjo floral para casamentos e aniversários, mas também é igualmente adequada para bouquets memoriais.

A hortênsia tem uma vasta gama de significados, desde a emoção sincera à gratidão e à jactância.

Cada significado provém de diferentes crenças e histórias culturais. Devido a uma lenda japonesa por exemplo, as hortênsias estão associadas a um pedido de desculpas.
Os Vitorianos consideravam as hortênsias uma planta negativa e utilizavam-nas para representar gabarolice ou vaidade.
As hortênsias tornaram-se associadas à jactância e à vaidade porque produzem flores magníficas, mas muito poucas sementes. Também foram dadas a pessoas que recusaram interesses amorosos como sinais de que eram frias ou frígidas.

Significado espiritual das hortênsias

Pode usar hortênsias em casamentos!

Hortências no casamento
Hortências no casamento


Talvez tenha ansiado pelo seu casamento em Junho. Se assim for, a hortênsia é perfeita. Na verdade, pode ter uma “família feliz e unida”, de acordo com o seu significado. Isto vem de como ela floresce. As pequenas flores são realmente próximas umas das outras, simbolizando uma família unida. Por conseguinte, é apropriado usar como decorações ou buquês em casamentos.

“Amor perseverante”


Na linguagem das flores, a hortênsia também tem um triste significado de “amor perseverante”. A história por detrás deste significado remonta ao período Edo. Um certo médico alemão chamado Siebold estava hospedado em Nagasaki. Ele amava uma mulher japonesa chamada “Otaki”. No entanto, Siebold foi expulso do Japão, levou a hortênsia de volta ao seu país. Pensando nela, deu à flor o nome de “Otakusa”.

A hortênsia, portanto, representa o seu amor duradouro e perseverante para com ela. Além disso, a flor floresce durante a estação das chuvas no Japão, em Junho. Portanto, “perseverança” é a palavra perfeita para descrever esta flor.

“Tolerância”


A hortênsia tem significados diferentes de acordo com a sua cor. Uma hortênsia branca rara representa “tolerância”. Agora temos centenas de espécies de hortênsia em todo o mundo com tantas cores diferentes. Mas diz-se que é originalmente uma flor azul do Japão (tal como bonsais).

Portanto, temos tantas variações provavelmente porque os estrangeiros eram atraídos pela sua beleza e faziam reprodução seletiva. Talvez, a hortênsia branca tenha nascido durante este processo. Durante a estação das chuvas, temos tendência para nos sentirmos deprimidos. Uma hortênsia branca pode animar-nos em tal situação. É assim que a “tolerância” se tornou um dos seus significados.

“Vitalidade feminina”


A hortênsia rosa é o segundo tipo mais comum depois do azul. O significado para esta cor vem de França. Diz-se que a cor muda de acordo com o solo. Portanto, se se criar hortênsia em solo alcalino, esta tende a tornar-se rosada. A França tem uma terra mais ou menos alcalina. Portanto, a hortênsia rosada torna-se a norma em França.

Junho no Japão é muito chuvoso e húmido, mas a França tem um clima realmente bom durante o mesmo período. Portanto, a cor rosada e o bom tempo simbolizam uma mulher muito “alegre”. Foi assim que este significado foi criado.

“Humildade”

Hortênsia lacecap
Hortênsia lacecap


Como mencionado acima, existem muitas espécies de hortênsias. Uma delas é a “hortênsia lacecap”. Normalmente, as hortênsias florescem num aglomerado.

No entanto, este tipo floresce de forma diferente: muitas flores pequenas florescem no centro como um botão e várias flores grandes flores florescem à sua volta. Diz-se que as flores ornamentais tentam atrair polinizadores ao florescerem assim. A hortênsia lacecap é de facto uma dessas flores.

A forma como floresce – tendo flores concentradas no meio e flores grandes à sua volta – é muito humilde. Não floresce de forma deslumbrante. Assim, a “humildade” tornou-se um dos seus significados.

“Amizade”


A hortênsia também significa ter “uma boa relação com os seus amigos”. De facto, pode imaginar como este significado vem da flor: pequenas flores florescem todas juntas como amigos. Pode, portanto, dá-la a um amigo sem qualquer problema.

Agora, temos muitas opções para dar hortênsias como um presente que não seja um ramo de flores. Pode, por exemplo, dar uma hortênsia conservada ou uma hortênsia numa coroa de flores. Seria bom combiná-la com outras flores, pois tem pétalas pequenas e bonitas.


não deixe de ver

Leave a reply

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimos Artigos